Now Reading
Inspira Pretas: Liderança e Inovação na Economia do Conhecimento – Homenagem a Tereza de Benguela no Julho das Pretas

Inspira Pretas: Liderança e Inovação na Economia do Conhecimento – Homenagem a Tereza de Benguela no Julho das Pretas

Em um mês repleto de celebrações e reflexões, o Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO) da UFBA realiza o evento “Inspira Pretas: Liderança e Inovação na Economia do Conhecimento”. Nos dias 05, 12 e 19 de julho, em sua sede no Largo 2 de Julho, a instituição, em parceria com o Mercafro, destacará a relevância e o valor do capital intelectual das mulheres negras nas áreas econômica, administrativa e de gestão, refletindo sobre seu papel na economia do conhecimento. Serão abordados temas como capital intelectual, gestão do conhecimento, tecnologia, inovação, desenvolvimento territorial e diversidade.

Este evento é parte das celebrações que têm se tornado um marco importante na luta pela visibilidade e valorização das mulheres negras no Brasil. Realizado durante o Julho das Pretas, mês em que se homenageia Tereza de Benguela, uma das mais importantes líderes quilombolas do século XVIII, o “Inspira Pretas” discutirá a importância do capital intelectual feminino negro dentro da economia circular e afro economia, valorizando as contribuições destas e seus conhecimentos. Ao promover a inclusão e a valorização do conhecimento econômico e financeiro produzido por mulheres negras, será possível debater a relevância e o valor do capital intelectual das mulheres negras nas áreas econômica, administrativa e de gestão a partir do olhar de pesquisadores e pesquisadoras negras da Universidade Federal da Bahia.

O Julho das Pretas é um evento que surgiu a partir da insatisfação destas mulheres com homenagens vazias que pouco propõem mudanças efetivas. Como resultado dessa insatisfação, diversas organizações de mulheres negras se uniram para criar um espaço de debate e reflexão, destacando as contribuições e potencialidades dessas mulheres. “Assim surgiu o Julho das Pretas”, conta Jamile Borges, diretora do CEAO. Para Luciane Reis, mestra pela Faculdade de Administração – CIAGS/UFBA e uma das coordenadoras do evento, o “Inspira Pretas” tem entre suas metas principais promover e fortalecer o capital intelectual dessas intelectuais, destacando suas contribuições na economia do conhecimento.


A inclusão de perspectivas negras no desenvolvimento de tecnologias e algoritmos será discutida através de oficinas práticas ministradas por mulheres membros do PyLadies e Soterolab. Durante os dias do evento, os presentes terão contato com ferramentas de inteligência artificial, ressaltando a importância de uma abordagem interseccional na construção de novos modelos de atuação. Espera-se reunir um público diverso, incluindo estudantes, profissionais, pesquisadores e ativistas interessados em promover a inclusão e a equidade a partir da economia do conhecimento, inovação e novas tecnologias. “Se o mundo caminha para modelos de negócios disruptivos e conectados com outras realidades, nada mais natural que ter pesquisadores negros, indígenas e LGBTQIAP+ como parte das discussões capazes de contar a história da escravatura seguindo o caminho do dinheiro e valorizando o potencial intelectual negro diante de um ciclo de desvalorização da sua criatividade humana”, finaliza Luciane Reis.


As atividades práticas visam equipar as participantes com habilidades essenciais para navegar e influenciar o cenário tecnológico, do conhecimento e econômico. Entre os destaques estão o fomento ao conhecimento e inovação, com o intuito de pautar a importância da inclusão de perspectivas negras no desenvolvimento de tecnologias e algoritmos, e oficinas práticas voltadas para o desenvolvimento de habilidades tecnológicas, como a oficina de Inteligência Artificial e Economia Negra.

Como evento que celebra a maior agenda de incidência política das mulheres negras brasileiras, esta é uma oportunidade de valorizar e promover a inclusão do conhecimento econômico e financeiro produzido por mulheres negras e indígenas, apresentando práticas sustentáveis e soluções inovadoras que combatam a invisibilidade de seus conhecimentos, capital intelectual e narrativas. Este é um dos motivos pelo qual convidamos vereadoras como Marta Rodrigues e Cris Correia para serem provocadoras de reflexões práticas no evento.

Informações de Serviço:

• Data: 05, 12 e 19 de julho de 2024
• Horário: 10h às 12h e 14h às 17h
• Local: Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO), UFBA – Salvador/BA


Organizadoras do Evento.

Créditos: Acervo pessoal e Gustavo Pereira

What's Your Reaction?
Curti
1
Descurti
0
Interessante
0
Quero
0

© 2020. Afro.Tv Brasil todos direitos reservados.