Now Reading
Festa de abrição celebra Sereia Laiá e registro do Fuá de Seu Estrelo como Patrimônio imaterial do DF

Festa de abrição celebra Sereia Laiá e registro do Fuá de Seu Estrelo como Patrimônio imaterial do DF

Siba e a Fuloresta, As Sambadeiras de Roda e Orquestra Alada Trovão da Mata compõe a programação do festejo

No próximo sábado, 13 de abril, a partir das 19h, o Centro Tradicional de Invenção Cultural (CTIC) recebe a Festa de Abrição, o primeiro dos três tradicionais festejos anuais de Seu Estrelo. A celebração promete uma mistura genuinamente cerratense de batuques, sotaques, personagens míticos e brincadeiras que encantam os corações candangos. 

A Festa de Abrição é uma homenagem à Sereia Laiá, uma das sagradas figuras do Mito do Calango Voador, história escrita por Tico Magalhães, que narra o surgimento do mundo, do cerrado, de Brasília e que fundamenta toda a manifestação cultural de Seu Estrelo desde seu surgimento, em 2004. 

Mas, segundo o Mestre Tico, em 2024, a Festa de Abrição é também motivo para outra importante celebração: 

“A festa, que é em homenagem a Sereia Sinhá Laiá, protetora do terreiro estrelado e mãe de Seu Estrelo, lava e abre os caminhos para o que vem. Além disso, o festejo é também um convite para todo o povo cerratense, para celebrarmos o reconhecimento do Fuá de Seu Estrelo como Patrimônio Cultural Imaterial do Distrito Federal. Um feito que é de todos que são habitados por essa cidade e sonham com ela.”

A conquista é recente, se concretizou em 12 de março, deste ano, durante reunião aberta do Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural do Distrito Federal (CONDEPAC-DF). Na ocasião, que contou com a presença do Secretário de Cultura e Economia Criativa do DF, Cláudio Abrantes, o conselho aprovou, por unanimidade, o registro do Fuá de Seu Estrelo no Livro de Formas de Expressão.  O registro representa um compromisso entre o Estado e o grupo, garantindo as suas condições ambientais, econômicas e socioculturais de existência.

Programação 

Como não poderia ser diferente, a festa conta com a apresentação da Orquestra Alada Trovão da Mata, grupo formado por mais de 70 brincantes que também celebra a mitologia do Calango Voador por meio de seus cortejos. Além dela, o samba ocupa a festa com a tradicional sambada do Grupo Seu Estrelo e com as candangas do Sambadeiras de Roda. E como de costume, participações especiais fazem parte do festejo. Este ano quem sobe ao palco da Festa de Abrição a convite de Seu Estrelo é Siba e a Fuloresta, grupo composto pelo cantor Siba e por mestres de maracatus, de cirandas e cavalo marinho, da região da Mata Norte de Pernambuco

Segundo a organização do evento, para o festejo de sábado, a entrada do público será possibilitada mediante doação de 1kg de alimento não perecível (exceto sal) que será recebido pelo Instituto Barba na Rua.

As tradicionais festas cerratenses do grupo Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro compõem um amplo e festeiro projeto batizado de Festas Vivas. De acordo com Mestre Tico, “o projeto  tem o intuito de festejar nosso lugar e nossa comunidade, mas se propõe também a filosofar sobre nossas comemorações populares, por meio de um ciclo de estudos”.

A cada festejo o grupo promove uma roda de conversa com Mestras e Mestres Populares, fazedores de festanças, pesquisadores e gestores culturais. O encontro pretende incentivar uma troca de ideias sobre a importância e a sabedoria que permeiam as festas populares brasileiras. A convidada da vez é Mestra Dona Fiota Kalunga que vem diretamente da comunidade Kalunga do Vão das Almas em Cavalcante, Goiás, para falar sobre os festejos populares e a cultura local. O encontro acontece, no Centro de Invenção, em 11 de abril, a partir das 19h. Para participar, basta chegar cedo, o encontro está sujeito à lotação. 

Festas Vivas é um projeto realizado pela Artise e pelo Centro Tradicional de Invenção Cultural em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF e com o GDF.

Serviço – Festa de Abrição

  • Data: 13 de abril – sábado
  • Horário: A partir das 19h.
  • Lugar: Centro Tradicional de Invenção Cultural, 813 sul.
  • Entrada: 1kg de alimento não perecível (exceto sal) 
  • Informações: @seuestrelo 

Programação

11 de abril – quinta-feira

  • 19h Roda de Conversa com Mestra Dona Fiota Kalunga (GO)

13 de abril – sábado

  • 19h Orquestra Alada Trovão da Mata
  • 20h As Sambadeiras de Roda
  • 21h Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro
  • 23h Siba e a Fuloresta (PE)
View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2020. Afro.Tv Brasil todos direitos reservados.