Now Reading
É fragrante fojado dôtor Vossa Excelência lota a Academia de Letras da Bahia

É fragrante fojado dôtor Vossa Excelência lota a Academia de Letras da Bahia

Novo livro de Carla Akotirene é fruto da tese de doutorado e traz críticas aos aparelhos jurídicos brasileiros tendo como base as “cenas coloniais” presenciadas nas audiências de custódias

Encontros, cânticos, discurso e muita emoção marcaram a noite de lançamento do livro “É Fragante fojado dôtor Vossa Excelência”, da pesquisadora Carla Akotirene, realizado na Academia de Letras da Bahia, na noite da última quarta-feira (28).

A autora compartilhou com os convidados e admiradores presentes no auditório da ALB, o processo de pesquisa da sua tese de doutorado que resultou na obra, reafirmando sua narrativa sobre a necessidade de transformação do judiciário no que se refere às audiências de custódia, o que intitula como porta de entrada para o encarceramento em massa da população negra.

Em seu discurso, a pesquisadora falou sobre o processo de apagamento de registros e memórias das pessoas pretas, a obediência e respeito aos orixás Xangô e Oyá, a importância de reconhecer o preconceito ainda presente no olhar ocidental e o compromisso ancestral de não diminuir o poder vital dos outros.  “Eu desejo principalmente ao meu Ori que eu permaneça comprometida com a verdade de Xangô e que da minha boca saia as verdades que precisam ser assinaladas em todos os lugares do mundo, porque eu acredito em Kaô Kabecile, eu acredito muito em Iansã, porque nós sabemos que não se toca no nome de Xangô sem tocar no nome de Oyá”.

Lívia Vaz, promotora de justiça do Estado da Bahia, Soares Marinho advogado criminalista, Rodney William – Doutor em Ciências Sociais e Babalorioxá, Angela Guimarães, secretaria da Sepromi-Ba, Evilasio Bouças – presidente do Conselho Munic. Comunidades Negras de SSA, @cmcn_salvador, Felipe Freitas – Secretaria de Justiça e Direitos Humanos da Bahia, Clarindo Silva foram algumas das personalidades que marcaram presença na cerimônia de lançamento.

O professor Mario Nelson Carvalho conhece Carla Akotirene há 20 anos e confessa a felicidade em participar desse momento. “Eu achava que ela seria política e me surpreende ver essa mulher comprometida com a ancestralidade e sobretudo a intelectual que ela se transformou.”, comentou.

Josy Brasil define o momento como um marco histórico e destaca a importância de mulheres ocuparem espaços como a Academia de Letras da Bahia. “ Essa noite representa um marco social dentro da cidade de Salvador pelo simples fato de nós, Mulheres negras, PCD’s ou não, estarmos ocupando espaços jamais antes por nós ocupados, e o mais importante de tudo isso é o fato de você encontrar uma mulher retinta à frente de toda essa militância, agregando saberes diante de uma população tão fragilizada. ”, comentou.

Para Ordep Serra, presidente da Academia de Letras da Bahia é um prazer abrir as portas da instituição para um momento tão importante “Carla é muito bem-vinda, é uma intelectual das mais importantes do Brasil, tem um trabalho maravilhoso.”, concluiu ao mencionar a nova diretriz da sua gestão em trazer para esse espaços eventos e a população negra. 

Vejam mais registros desse encontro histórico e emocionante.

Créditos: Gabriel Dias (@gdias31) e Victor Fernandez (@victorfernandezfotografias)

Texto: Aní Bárbara

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2020. Afro.Tv Brasil todos direitos reservados.